Conteúdo inspirador sobre teoria em prática na educação ambiental direto no seu e-mail:

Entre em contato!

contato@fubaea.com.br

Acessibilidade: nosso site possui audiodescrição das imagens como texto alternativo ou em caixas de texto. Quando possível, incluímos janela de LIBRAS.

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Logo do FubáZINE
  • Mayla Valenti

O potencial da educomunicação


Olá, tudo bem? Nesta semana vamos falar sobre educomunicação socioambiental. Você já conhece este termo? Ele foi criado para definir uma área de atuação e pesquisa que mistura educação e comunicação para gerar mudanças na sociedade. É, quem trabalha com educação geralmente quer ver as mudanças acontecerem, e promover a educomunicação é uma forma muito potente para isso. A ideia da educomunicação é não apenas usar as ferramentas de comunicação para apresentar informações e promover o diálogo e a reflexão a partir deles, mas também possibilitar que as pessoas produzam elas mesmas conteúdos de comunicação. Hoje em dia isso não é mais novidade, porque a internet e o preço mais acessível de alguns equipamentos têm permitido que muitas pessoas produzam conteúdos e compartilhem com o mundo! E porque isso é transformador? Porque antigamente o poder da comunicação era extremamente restrito às grandes mídias, às grandes emissoras de rádio, TV e grandes produtoras de cinema. Com a educomunicação, esse poder está nas mãos de praticamente qualquer pessoa; Apesar dessas facilidades todas, nem sempre a gente vê as novas tecnologias sendo usadas como ferramentas educativas. Aliás, ainda é muito comum ver professoras(es) e escolas inteiras com grandes problemas para restringir o uso do celular em sala de aula, por exemplo. A gente acha que uma solução pra isso é aproveitar o potencial que a tecnologia traz para nossa ação educativa ao invés de lutar contra ela. Atividades com fotografia, produção de programas de rádio ou vídeos podem ser feitos até mesmo com o celular e nos ajuda a dialogar com as pessoas sobre o papel da mídia no nosso cotidiano e também a desenvolver uma visão crítica em relação aos meios de comunicação. As atividades de educomunicação não precisam se restringir à atuação de educadoras ou educadores. Mães e pais também podem inventar brincadeiras educomunicativas com suas crianças, assim como qualquer outra pessoa pode experimentar a sensação de produzir conteúdos de comunicação para promover a sustentabilidade.

Vamos deixar aqui algumas ideias... e também vamos adorar saber sobre as suas! - Diagnóstico fotográfico para identificar problemas ambientais no bairro (da escola, da casa, da ONG, etc). - Programa de rádio on line apresentando entrevistas com moradoras(es) antigas(os) para conhecer as transformações ambientais e sociais que foram ocorrendo na cidade ao longo do tempo. - Documentário sobre a visita a uma trilha na natureza - Mini fanzine ambiental na caixa de fósforo (lembra do nosso vídeo? Se você ainda não assistiu, ele está aí em baixo)


Essas são apenas algumas possibilidades... Você pode criar as suas atividades junto com o seu público. Temos certeza que surgirão muitas ideias criativas e inovadoras! Essa é a nossa proposta pra você nessa semana: desenvolver uma atividade de educomunicação. Depois, mostra pra gente o que surgiu por aí! :-) Se você quiser saber mais sobre educomunicação, pode pesquisar algumas iniciativas e publicações sobre o tema no site do Ministério do Meio Ambiente, clicando aqui.

#educomunicação #educaçãodialógica #FormaçãoemEducaçãoAmbiental #Transformação