Fubazine4.png

Uma sugestão para 2022: apropriar-se das áreas verdes urbanas

Atualizado: 20 de jan.

Olá, tudo bem? Feliz ano novo!


2022 já chegou trazendo novos desafios e ainda algumas incertezas. Por aqui estamos nos organizando para voltar ao trabalho presencial em um modelo híbrido, se for seguro e confortável para toda a equipe.


Mas enquanto ainda vamos entendendo para onde a pandemia vai caminhar, uma coisa é certa: as áreas verdes da cidade e do campo e as áreas naturais protegidas continuam sendo refúgios mais seguros para as pessoas que estão cansadas de ficar entre quatro paredes.


Os parques, bosques, hortos e praças da cidade estão nos ajudando a curar a falta que a natureza nos fez nesse período de isolamento. Nós acreditamos muito no potencial educativo desses locais e por experiência própria sabemos que eles podem promover a educação ambiental de uma forma leve e profunda ao mesmo tempo.


Atividades nesses locais podem proporcionar o aprendizado pelo corpo, usando todos os sentidos, podem ajudar a construir novos valores pautados em uma ética ambiental e ainda incentivar a participação das pessoas no cuidado com a sua cidade.



Bosque das Cerejeiras. Fonte: Sesc São Carlos. Ilustrador Antonio Failache #Pracegover #Pratodos verem Ilustração do Bosque das Cerejeiras. É visto uma trilha com árvores, postes de iluminação e grama em volta. No centro da trilha há um banco com uma pessoa sentada. No canto inferior esquerdo é visto um parquinho de areia e uma criança. Ao fundo é visto prédios e o céu azul.


É por isso que temos muito orgulho de participar de um projeto incrível promovido pelo SESC São Carlos com o objetivo de criar um sentido de pertencimento das pessoas com as áreas verdes da cidade. O projeto “A Céu Aberto: Pequeno Guia para Descobrir a Natureza em São Carlos” foi idealizado pela equipe do SESC e realizado por muitas mãos, mentes e corações. Desde a escolha das áreas (mais periféricas e com a participação do público), até as visitas de diagnóstico, pesquisa, criação das ilustrações, dos textos e dos vídeos, tudo foi feito com muito cuidado por profissionais especialistas em diferentes áreas que se complementaram perfeitamente.


Ao todo, dez áreas verdes do município de São Carlos serão contempladas. Você pode conferir todos os materiais que já foram publicados e a equipe completa que participou do projeto no site do SESC: https://www.sescsp.org.br/a-ceu-aberto-pequeno-guia-para-descobrir-a-natureza-em-sao-carlos




Bosque Cambuí. Fonte: Sesc São Carlos. Ilustrador Antonio Failache #Pracegover #Pratodos verem Ilustração do Bosque Cambuí. É visto várias arvores e vegetação. No canto inferior direito é visto um poste de iluminação e uma placa de madeira..


Participar deste projeto nos inspirou muito a pensar novas ideias para valorizar as áreas verdes das cidades, unindo educação ambiental, tecnologia e acessibilidade. Então, em breve teremos novidades sobre isso!


Mas enquanto estamos aqui organizando as ideias e buscando parcerias, nossa sugestão para você começar bem este ano é: incentivar mais pessoas a aproveitarem esses espaços verdes da cidade e ajudar a promover educação ambiental e qualidade de vida no ambiente urbano. Que tal inserir atividades educativas nesses locais no Programa de Educação Ambiental da sua instituição? Ou no planejamento das suas aulas na escola? Ou nos seus posts nas redes sociais?


Bora?


NOVIDADES NO FUBÁZINE


Estamos replanejando os conteúdos do FubáZINE para ajudar cada vez mais a fortalecer a educação ambiental na escola, nas empresas, nas instituições governamentais e não-governamentais. Vamos apresentar aqui conteúdos relevantes para educadoras e educadores e também para gestoras e gestores que planejam ações, projetos e programas de educação ambiental para o contexto escolar e com comunidades, seja em parques urbanos, em áreas naturais protegidas, zoológicos, aquários, no entorno de empreendimentos ou em projetos de conservação. Para isso, vamos trazer os assuntos mais atuais da área e também apresentar exemplos dos trabalhos que temos realizado para inspirar novas interações socioeducativas.


Além disso, vamos lançar o FubáZINE especial Fubá Notícias. As edições serão publicadas apenas lá no nosso blog (www.fubaea.com.br/blogeducacaoambiental) e vão contar as novidades que estão acontecendo por aqui. E, sempre que possível, convidar você para também participar dos nossos projetos.


Se você quiser nos ajudar a construir esse novo FubáZINE, responda este e-mail com sugestão de temas para abordarmos nas próximas edições.



Até logo mais! E que 2022 seja mais leve e com muitos passeios nos parques da sua cidade.


Equipe Fubá


65 visualizações

Gostou deste post?

Que tal contribuir para que possamos continuar publicando conteúdos gratuitos e ainda investir na sua formação em educação ambiental?

 

Se você gostou deste texto, provavelmente vai A-M-A-R o nosso curso online COMO?! Você pode experimentar o curso fazendo 3 aulas introdutórias gratuitas. Nós queremos te ajudar a colocar a teoria em prática na educação ambiental.

 

É só clicar no botão abaixo para saber mais!

#PraCegoVer #PraTodosVerem #Audiodescrição resumida: Foto de Ariane, Flávia, Andréia e Mayla. Elas sorriem e estão sentadas no chão de terra. Usam camisetas amarelas e lisas. Há uma caixa de texto branca no canto inferior esquerdo escrito: 3 aulas gratuitas para colocar a teoria em prática na Educação Ambiental. A imagem possui moldura verde.