Conteúdo inspirador sobre teoria em prática na educação ambiental direto no seu e-mail:

Entre em contato!

contato@fubaea.com.br

Acessibilidade: nosso site possui audiodescrição das imagens como texto alternativo ou em caixas de texto. Quando possível, incluímos janela de LIBRAS.

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Logo do FubáZINE
  • Mayla Valenti

Café comPartilha: uma atividade que a gente AMA!

Atualizado: 11 de Abr de 2019


Quem já participou de nossos cursos presenciais de formação em Educação Ambiental com certeza também gostou dessa atividade.


O Café comPartilha é uma opção incrível para promover a participação do público e pode ter vários objetivos:


- Fazer um diagnóstico inicial dos conhecimentos e experiências do público em relação ao tema que será abordado;


- Buscar a solução para um problema identificado pelo grupo a partir da contribuição de todas as pessoas;


- Realizar um planejamento estratégico de um projeto, de uma política pública;


- Sistematizar uma experiência vivenciada pelo grupo;


- Avaliar um processo educativo que o grupo tenha participado;


- E tudo mais que a sua criatividade permitir identificar!


O Café comPartilha é o nome aportuguesado de World Cafe, uma ferramenta para ação participativa bastante conhecida mundo afora. O Café que aparece nos dois nomes remete a um momento de encontro informal, ao redor de uma mesa. O cafézinho com comidinhas gostosas podem de fato estar presentes para ajudar a criar esse clima na atividade.



#pratodosverem Audiodescrição resumida: Imagem com foto de mulheres sentadas. Elas usam roupas de frio e estão sentadas em cadeiras, em volta de uma mesa circular de tampo amarela. Em cima da mesa, há uma cartolina branca, e as mulheres olham em direção à ela. Ao fundo, sala com armário, painéis, mesa com caixa, e outros objetos. Acima da foto há uma faixa rosa com a frase escrita em letras brancas: uma atividade que a gente ama! O fundo da imagem é amarelo.

COMO FUNCIONA (baixe o PDF clicando aqui):


1- Antes de propor a atividade, é preciso definir o objetivo e algumas questões ou reflexões sobre as quais o público deverá dialogar. Se houver tempo, essas questões podem até ser definidas junto com o público, tornando o processo ainda mais participativo.


2- As pessoas são divididas em pequenos grupos de até cinco pessoas. O número de grupos formados será equivalente ao número de perguntas a serem respondidas durante a atividade e ao número de mesas necessárias. Cada grupo recebe uma questão/reflexão, uma folha grande de papel, canetinhas e lápis de cor.


3- Cada grupo deve escolher uma pessoa que será a relatora. Essa pessoa ficará fixa no grupo e será responsável por relatar às demais participantes a produção do grupo a cada rodada.


4- Na primeira rodada, em cada grupo, as pessoas devem dialogar sobre a questão/reflexão proposta e usar os papéis e canetinhas para iniciar a confecção de um cartaz que represente suas respostas. Esse material ficará com a(o) relator(a).


5- Após um tempo determinado (entre 10 e 20 minutos, dependendo da complexidade da questão), as pessoas devem trocar de grupo e sentar-se ao redor de outra mesa. É importante que nessa troca as pessoas se misturem entre os grupos e não se sentem novamente com as mesmas pessoas. Assim, a diversidade de interações se amplia e a riqueza do diálogo será maior. Apenas a(o) relator(a) deve permanecer no grupo inicial.


6- Ao chegarem novas pessoas para o grupo, a pessoa responsável pela relatoria deve informar sobre a produção do grupo até então. A partir dessa conversa, o novo grupo deve dialogar sobre a pergunta/reflexão daquela mesa e continuar a criação do cartaz. Após 10-20 minutos, as pessoas devem trocar de grupo novamente.

7- Essa dinâmica continua até que todas as pessoas tenham passado por todas as mesas. Ao final, cada relator(a) deve apresentar o cartaz resultante do diálogo de sua mesa para todo o público.


#pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de pessoas em uma tenda. Há duas pessoas em pé e outras sentadas em cadeiras.




Essa atividade pode ser feita com os mais variados públicos e sobre os mais diversos temas. Como sempre, você pode fazer as adaptações necessárias para a sua realidade. O mais importante é manter a possibilidade de diálogo, de construção coletiva de uma resposta/reflexão/proposta e de diversidade de interações.



DE ONDE VEIO O CAFÉ COMPARTILHA:

A atividade com o nome Café comPartilha tem sido difundida para ações de Educação Ambiental no Brasil pela OCA - Laboratório de Política e Educação Ambiental da Esalq/USP, a partir do Simpósio de Políticas Públicas de Educação Ambiental. O simpósio gerou um livro muito rico sobre este tema:

RAYMUNDO, M. H., BRIANEZI, T., SORRENTINO, M. (Orgs). Como construir políticas publicas de educação ambiental para sociedades sustentáveis. São Carlos, SP, Diagrama Editoria, 2015.

Internacionalmente, essa atividade é conhecida como World Café. Existe até uma comunidade mundial de pessoas que difundem essa atividade chamada The World Café Community. A comunidade disponibiliza um arquivo em português com muitas dicas e instruções para realizar um World Café. Clique aqui para baixar este arquivo em pdf.

#Diálogo #transversalidade #cooperação #Transformação #Políticaspúblicas #AçãoColetiva