• Mayla Valenti

casa educadora sustentável

Atualizado: 21 de Ago de 2019


Já te convidamos pra acompanhar nosso trabalho no Mutirão Criativo da Espaçonave e do Buji. E agora vamos compartilhar com você algumas dicas e sugestões que apresentamos para o plano de gestão sustentável de resíduos da casa. Você pode aproveitar essas ideias e ir transformando também a sua casa em uma casa educadora sustentável. Sem pressa, sem culpa, mas com ação! :-) A ideia da casa educadora vai além das práticas sustentáveis, pois essas práticas são abordadas como pontos de partida para o aprendizado. Então, a nossa sugestão é que você analise as dicas abaixo, escolha as que você pode começar a implantar e já pense em formas de você inspirar as pessoas que frequentam a sua casa sobre essas práticas. No caso da Espaçonave, a área onde foi instalado o minhocário e o espaço do jardim ecológico foram destacados por um jogo de caça ao tesouro escrito nas paredes da casa feito pela artista Silvia Strauss da @tranpolimtransforma. Além disso, no jardim, a arquiteta e ilustradora @Nicole.Bini fez lindas aquarelas de aves urbanas que podem aparacer pelo jardim para decorar e incentivar a observação da natureza tudo ao mesmo tempo. A Nicole também decorou as pedrinhas com os nomes de cada planta no jardim. Tivemos a parceria da pesquisadora Malu Horta que levou a muda mais linda do jardim: uma primavera! A Malu colocou a mão na passa e o pé na terra para deixar o jardim criativo, ecológico e educador. Depois das dicas de gestão de resíduos, confira algumas fotos dessa experiência incrível e inspire-se você também! :-) Vamos às dicas para deixar a gestão de resíduos da sua casa mais sustentável: A separação de resíduos deve sempre começar na fonte, onde os resíduos são gerados. Isso facilita todo o processo até chegar à etapa da reciclagem. Nas residências a maior quantidade de resíduos costuma ser gerada no banheiro e na cozinha. No banheiro são gerados 2 tipos de resíduos: aqueles que serão jogados fora, pois não podem ser reutilizados nem reciclados, e aqueles que podem ter outro destino.

Papel higiênico, lenços umedecidos, algodão, fraldas e absorventes devem ser descartados no lixo comum, e dali ser entregue à coleta de lixo da cidade. Mas vários outros resíduos gerados no banheiro podem ser reciclados: as embalagens de shampoo, de cremes, os rolinhos internos de papel higiênico, embalagens de pasta de dente, caixas de medicamentos, tudo isso pode ser separado e encaminhado para ser reciclado. Na cozinha a maioria dos resíduos gerados pode ser reciclada. A maioria das embalagens pode ser reciclada, sendo que algumas precisam ser limpas antes: potes e garrafas de iogurte, latas de aço e alumínio, sacos e caixas de leite e suco, enfim, tudo que ainda tiver resíduo de alimento deve ser lavado antes. É só colocar de molho com água e sabão na pia.


Por que lavar, se durante o processo industrial de reciclagem todas as embalagens são lavadas? Porque estamos considerando que essas embalagens serão armazenadas por um tempo variado em casas de catadores ou em armazéns e centrais de triagem, por isso é importante não deixar tudo sujo para evitar mal-cheiro e atrair insetos e outros animais. Caixas de papelão como as embalagens de cereal podem ser colocadas direto para reciclar. Sugerimos que seja deixada na cozinha ou próxima a ela uma lixeira grande, de 50 litros ou mais, para acumular esses recicláveis até a entrega à coleta seletiva. É essencial buscar parcerias para a retirada dos recicláveis: pode ser uma cooperativa de catadoras(es), uma pessoa que trabalhe catando na sua rua, um programa de coleta seletiva de sua cidade. É muito importante também conversar com quem vai retirar o material para saber o que pode encaminhar. Às vezes as pessoas tem receio de que, ao se negar a retirar algum resíduo reciclável (vidro, por exemplo), vão perder a possibilidade de retirar os demais. Por isso aqui é importante o diálogo franco e respeitoso. Entregue apenas aqueles resíduos que serão depois encaminhados para a reciclagem. Se não vamos apenas mudar o lixo de lugar. Vidro pode ser um problema. Apesar de ser 100% reciclável, tem baixo valor de venda, ocupa muito espaço e pesa muito. Então às vezes carrinheiros que recolhem o material nas ruas não trabalham com esse material. Se for assim, procure guardar separado e encontrar um local onde você pode levar o vidro para ser reciclado. Alguns supermercados tem PEVs (pontos de entregar voluntária) onde você pode deixar resíduos recicláveis. E agora? E os alimentos? O preparo de alimentos também gera resíduos recicláveis. Aqui estamos falando de outro tipo de reciclagem, a compostagem. Os resíduos orgânicos gerados na cozinha (talos e cascas de frutas, verduras e legumes) também são recicláveis. A separação na geração desses resíduos facilita bastante o processo. Você pode deixar um baldinho ou pote de sorvete na pia quando for preparar a comida. Todas as cascas, folhas, talos, tudo que você não utilizar para preparar sua receita pode ser colocado nesse pote. Depois esses resíduos podem ser colocados no minhocário ou na composteira. Não recomendamos colocar nem restos de comida nem de carne, ou ossos de animais. E com o minhocário é preciso tomar alguns cuidados, como não colocar uma grande quantidade de restos de frutas cítricas de uma vez, pois isso prejudica as minhocas. Mais uma dica: há uma série de receitas que usam cascas, folhas e talos no preparo de caldos e tortas, isso pode ser uma ótima opção para esses alimentos. Se você tiver mais alguma ideia ou aplicar as nossas sugestões, conta pra gente respondendo ao e-mail, comentando no blog, ou no nosso face!

Agora, confira as fotos do Mutirão criativo! Foi uma experiência incrível! Aconteceu muita coisa especial por lá! Mayla Valenti colocando as pedrinhas coloridas no jardim e Silva Strauss pintando seu jogo de palavras.

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de Mayla. Ela está sentada no chão gramado e toca uma pedra verde no chão. Ao lado da pedra há uma muda de folhas lisas e verdes.


#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de quadros na parede. Há uma pessoa de costas com uma caneta azul na mão direita. Há pequenos quadros de pássaros e molduras na parede e escritas em azul.


O lindo jardim agroecológico

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de espaço com plantas e chão de terra com grama fina.


Aves urbanas ilustradas pela Nicole Bini

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de quadros de pássaros e molduras. Eles estão dispostos no chão cimentado.


Nicole, Malu e Mayla: trabalho em parceria para o jardim ser um espaço inspirador!

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de uma mulher tocando um quadro de pássaro na parede. Ela sorri. Há mais um quadro e uma moldura na parede.


#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de Manu Horta e Mayla. Elas sorriem. É dia. No fundo há bananeiras e muro coberto com trepadeiras.

Minhocário da Morada da Floresta

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de uma composteira azul. Ela tem três caixotes e está sobre duas o pilhas de três tijolos cada. Nas duas caixas superiores há um desenho de minhoca e na inferior há uma torneira e o desenho de um regador. Sobre a tampa da composteira há uma sacola cheia e fechada.

Jogo de palavras no minhocário

#pracegover #pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de parede preta com frase amarela. Está escrito: Enquanto elas usam a terra, nós, a porcelana. Abaixo há o número seis riscado e entre parênteses, depois há o número sete.



Quer conhecer mais formas de colocar a teoria em prática na educação ambiental? Se sua resposta foi sim, conheça nosso curso de formação on-line, o Como?!: https://www.fubaea.com.br/cursoeducacaoambiental2019


Acessibilidade: nosso site possui audiodescrição das imagens como texto alternativo ou em caixas de texto. Quando possível, incluímos janela de LIBRAS.

Conteúdo inspirador sobre teoria em prática na educação ambiental direto no seu e-mail:

Entre em contato!

contato@fubaea.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Logo do FubáZINE