Fubazine4.png
  • Mayla Valenti

Diversidade

Atualizado: 28 de Mar de 2019


Vamos celebrar a diversidade. É a partir do diferente que aprendemos. Podemos aprender muito com quem pensa diferente por meio do diálogo verdadeiro. E também podemos aprender muito quando nos dispomos a uma nova experiência. Mas o que isso significa na prática? Para nós, significa permanecer com uma postura aberta a ouvir e tentar compreender o que outras pessoas pensam, mesmo que nos pareça um absurdo. Significa exercitar a empatia. Significa conhecer pessoas novas. Significa experimentar uma maior conexão com a natureza e conhecer novos lugares com suas histórias e culturas. Ou mesmo vivenciar coisas novas nos ambientes com os quais interagimos no cotidiano. Em nossa prática como educadoras ambientais, significa abrir espaço para promover uma maior diversidade de interações entre as pessoas que participam das ações educativas, seja na escola ou em outros espaços educadores. Então, sugerimos evitar dividir grupos de forma homogênea, tais como meninos de um lado e meninas de outro. Ou crianças mais novas separadas das crianças mais velhas. Ou adultos em um grupo e crianças em outro. Quanto maior a diversidade do grupo, maior será o aprendizado de todas as(os) participantes. Fazer sorteios pode ajudar quando existe a tendência das pessoas se agruparem sempre com quem já têm afinidade.


#pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de pessoas em trilha. Elas estão de costas e usam mochilas. Há árvores e vegetação no entorno.



Além disso, promover a diversidade também significa incentivar as(os) participantes a vivenciarem novas experiências em contato com a natureza e com diferentes culturas. Essa é a nossa sugestão para você: promover e vivenciar a maior diversidade de interações possível. Vamos adorar saber como foi essa experiência para você. Conta pra gente?


#pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de grupo de pessoas. É dia. O grupo está sentado em cima de um grande pano preto sobre um gramado. A maioria são mulheres e fazem um trabalho manual. Na frente do grupo, há uma cachorra branca, de orelhas e manchas pretas.

Você já está no nosso grupo de oportunidades em Educação Ambiental no Facebook? Se não estiver, vai lá que já apareceram várias indicações de vagas, financiamento, cursos, etc. É só pedir autorização para participar por este link: https://www.facebook.com/groups/oportunidadesea

Fica aí uma dica para quem ama gliter e quer brilhar por aí: o gliter comum é feito de microplásticos que são um tipo de poluente muito impactante para o equilíbrio da natureza, especialmente nos ambientes aquáticos. Vale a pena buscar alternativas mais sustentáveis para brilhar. Veja mais nesse vídeo de menos de 2 minutos feito pela BBC Brasil:


Equipe Fubá



#aprendendocomadiversidade #diversidade #experiência #gliter

14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Gostou deste post?

Que tal contribuir para que possamos continuar publicando conteúdos gratuitos e ainda investir na sua formação em educação ambiental?

 

Se você gostou deste texto, provavelmente vai A-M-A-R o nosso curso online COMO?! Você pode experimentar o curso fazendo 3 aulas introdutórias gratuitas. Nós queremos te ajudar a colocar a teoria em prática na educação ambiental.

 

É só clicar no botão abaixo para saber mais!

#PraCegoVer #PraTodosVerem #Audiodescrição resumida: Foto de Ariane, Flávia, Andréia e Mayla. Elas sorriem e estão sentadas no chão de terra. Usam camisetas amarelas e lisas. Há uma caixa de texto branca no canto inferior esquerdo escrito: 3 aulas gratuitas para colocar a teoria em prática na Educação Ambiental. A imagem possui moldura verde.