• Mayla Valenti

jardim agroecológico

Atualizado: Abr 2

Você já pensou em ter o seu próprio jardim agroecológico? A gente acha que não é preciso muito espaço, mas nesse caso é importante que você tenha um pedaço de terra na sua casa! Ah, você não mora em casa? E que tal fazer essa proposta para o jardim do seu prédio?


#pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de espaço com plantas e chão de terra com grama fina.


Além de embelezar a casa ou o condomínio e produzir alimentos sem agrotóxicos o principal objetivo do jardim agroecológico é inspirar as pessoas. O jardim agroecológico apresenta as interações ecológicas que acontecem na natureza e também valoriza a presença das áreas verdes na cidade. No jardim a energia flui, os nutrientes circulam e as espécies se revezam de acordo com a sucessão ecológica. As plantas atraem os animais e estes polinizam as flores, semeiam novas plantas, atraem novos animais. As plantas regulam o clima deixando o ambiente mais úmido e mais fresquinho. E assim a gente pode conviver mais de perto com toda essa beleza que é a vida. Os jardins convencionais são planejados especialmente para serem bonitos. Os sistemas agroecológicos são planejados especialmente para serem produtivos. Aqui a ideia é aliar essas duas características. Mas é bom dizer que o jardim agroecológico simula um ambiente natural. Então, não há tanto controle sobre o que nasce e o que morre e sobre o que é visível e o que fica mais escondido. Por isso, o jardim agroecológico tem um aspecto mais rústico. Ao mesmo tempo, é por causa disso que ele é também mais fácil de cuidar. No jardim agroecológico é possível deixar ao máximo a natureza trabalhar sozinha. Você pode observar o que vai acontecendo ao longo do tempo e, de vez em quando, interferir para dar uma mãozinha para a natureza. Então, o cuidado é bem prático e até intuitivo. Se você quiser se inspirar no jardim agroecológico que plantamos lá na espaçonave, aqui vai um passo a passo que realizamos por lá e as dicas de cuidados que apresentamos para a Rafa e o Bruno, os donos da casa:

PLANTANDO E CUIDANDO DO JARDIM AGROECOLÓGICO Escolha o espaço onde será o jardim e analise o número de árvores frutíferas que o local comporta. A medida não precisa ser exata, mas lembre-se do tamanho da árvore adulta para escolher as espécies. Escolha de 2 a 10 espécies de árvores frutíferas, dependendo do seu espaço. Evite árvores muito grandes (como manga, abacate, ou jaca), caso você não more em uma chácara ou não tenha um quintal enorme. Dê preferência para espécies nativas da vegetação natural predominante na sua região. Escolha outras espécies de plantas menores e plante de forma intercalada com as mudas de árvores, como hortaliças, flores e temperos. Faça uma chuva de sementes variadas misturando as sementes com adubo orgânico e jogando sobre a terra. Se possível, afofe a terra antes. É legal tentar manter no jardim: -espécies frutíferas que atraem pássaros (jabuticaba, café, mamão, acerola, etc) -flores para atrair abelhas e outros insetos polinizadores (dente de leão, capuchinha, girassol, etc) -espécies de leguminosas que fixam nitrogênio no solo (feijão, soja, ervilha, etc.) -espécies de ciclo de vida curto que vão morrer logo e fornecer cobertura para o solo (girassol, feijão, margaridas, cana de açúcar, banana, etc) -espécies de ciclo de vida longo para garantir alimento constante aos pequenos animais e sombra às pequenas mudas (árvores e arbustos, frutíferas) Em tempos de seca, será necessário molhar com mais frequência, especialmente na fase inicial. Em tempos de chuva, deixa que a chuva cuida! Para fertilizar o solo, você pode montar uma composteira ao lado, ou montar um minhocário. Assim você terá adubo orgânico sempre que precisar. Quando achar necessário, pode fazer algumas podas. Os restos da poda e as plantas que morrerem deverão ser usadas como cobertura para o solo. Isso faz com que os nutrientes que estão nessas plantas retornem para o solo. A diversidade de espécies é a maior riqueza do jardim. Então, sempre que puder jogue mais sementes no local. Vale separar para isso algumas sementes de tomate, jiló, abóbora, feijão e frutas quando estiver cozinhando. Existem muitas feiras de trocas de sementes também! Quando tiver a chance de conseguir novas sementes, é só levar para o jardim. Não se preocupe com a morte de algumas plantas. A natureza é cíclica. Os nutrientes dessas plantas servirão de alimento para animais, bactérias e fungos decompositores e depois para novas plantas nascerem.

Se você quiser deixar seu jardim ainda mais especial, use a sua criatividade e os seus talentos para incluir detalhes que fazem toda a diferença: - plaquinhas ou pedrinhas charmosas para identificar as plantas - quadros com motivos ecológicos - comedouros para aves (cuidado para não colocar nada com açúcar e não deixar fermentar!) - frases criativas na parede Enfim, a imaginação é o limite! :-) Ah! E lembra de chamar mais gente pra ajudar porque tudo o que é compartilhado é mais gostoso e mais duradouro!


#pratodosverem Audiodescrição resumida: Foto de uma planta e uma pedra. Há folhas verdes, serrilhadas e em formato de coração, esparramadas pelo chão de terra. Há uma mão segurando as folhagens e, logo abaixo, uma pedra oval verde, escrito Amora em letra cursiva.



Clique na foto e veja a Nicole Bini colocando nome nas pedras do jardim na espaçonave.

E tem mais foto e vídeo de todo o processo no nosso instagram: @fuba.ea.


Vale a pena conferir! É inspirador!



Quer mais ideias e inspiração para trabalhar a educação ambiental na prática?

Conheça nosso curso online COMO?!: https://www.fubaea.com.br/cursoeducacaoambiental2019


#PresentedaFubápravocê #Video #AlimentaçãoSustentável #Transformação #Participação #PráticasSustentáveis #educaçãoambiental #AçãoColetiva #Criatividade #cooperação #Inspiração

Acessibilidade: nosso site possui audiodescrição das imagens como texto alternativo ou em caixas de texto. Quando possível, incluímos janela de LIBRAS.

Conteúdo inspirador sobre teoria em prática na educação ambiental direto no seu e-mail:

Entre em contato!

contato@fubaea.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Logo do FubáZINE