Conteúdo inspirador sobre teoria em prática na educação ambiental direto no seu e-mail:

Entre em contato!

contato@fubaea.com.br

Acessibilidade: nosso site possui audiodescrição das imagens como texto alternativo ou em caixas de texto. Quando possível, incluímos janela de LIBRAS.

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Logo do FubáZINE
  • Mayla Valenti

Valores e educação ambiental

Atualizado: 19 de Mar de 2019


Vamos falar sobre valores?


Considerando o conturbado momento político atual no Brasil, vale lembrar a importância do trabalho da Educação Ambiental focada em valores.

Aqui na Fubá, nos baseamos na proposta do Prof. Luiz Marcelo de Carvalho, professor da UNESP de Rio Claro e uma referência para a Educação Ambiental em nosso país. Ele indica o desenvolvimento de três dimensões articuladas para as ações de educação ambiental: conhecimentos, valores e participação.


A dimensão dos valores remete a aspectos bastante subjetivos. Além de defender o direito à vida e o respeito a todos os seres, a educação ambiental propõe a revisão de valores como o individualismo e as injustiças ambientais e sociais. E ainda incentiva uma visão mais colaborativa e solidária entre as pessoas e entre os seres humanos e a natureza.


Na prática, nós trabalhamos com os valores éticos de várias formas:


Incentivando a colaboração ao invés da competição nas atividades. Ao pensar em dinâmicas ou jogos, é muito comum incentivarmos a competição entre as pessoas participantes. Mas a gente acredita que o mundo já tem muita competição e que é preciso ensinar as pessoas a trabalharem juntas por um objetivo comum. Então, vale a pena refletir: a atividade a ser proposta proporcionará a oportunidade das pessoas colaborarem?


Apresentando criticamente as diferenças no acesso aos bens naturais e a exposição aos riscos ambientais. Nossa sociedade está longe de ser igualitária. Por isso, o acesso aos bens que aproveitamos da natureza também é desigual. Água e ar limpos, alimentos saudáveis são alguns exemplos. Ao mesmo tempo, uma parcela grande da população está mais exposta aos riscos gerados pelos impactos ambientais que causamos. Por exemplo, os deslizamentos de terra, as enchentes, a poluição e a seca atingem mais intensamente a população vulnerável do que as pessoas favorecidas economicamente.


Deixando claro que a questão ambiental envolve conflitos. Não há nenhum tema ambiental que possa ser tratado como consenso na sociedade. Há sempre diversos interesses em jogo. Quando abordamos esses conflitos, temos a oportunidade de trabalhar os valores da justiça socioambiental e de evitar uma educação ingênua.


Valorizando e promovendo a diversidade. A diversidade de seres no planeta, a diversidade de escolhas pessoais, a diversidade cultural são elementos fundamentais para a manutenção da vida no planeta. Por isso, ter a diversidade como valor nos ajuda a ser mais sustentáveis e a promover ações educativas inclusivas.


Então, nossa proposta para você nesta semana é:

Refletir sobre quais valores são importantes para você como cidadã ou cidadão e quais valores você quer promover em suas ações educativas. E depois, planejar de que forma você pode colocar esses valores em prática, seja nas suas próprias escolhas cotidianas, ou no seu trabalho como educadora ou educador ambiental.


Se você quiser saber mais sobre como trabalhamos os valores na prática, conheça nosso curso online COMO?!: www.fubaea.com.br/cursoeducacaoambiental2019

#Valoreséticos #Teoriaemprática